Da redação por Luiz Guilherme


O Alô Dourados voltou a entrevistar os pré-candidatos a prefeito de Dourados, por meio do Papo Reto, e respeitando o distanciamento social, o entrevistado deste sábado (20), deputado estadual Renato Câmara, participou por videoconferência.

Logo no início, Renato Câmara foi enfático ao dizer que se sente preparado para administrar a cidade do porte de Dourados, que além de ser a maior cidade do interior do Estado, tem como desafios a saúde que está precária, educação, segurança e até mesmo, a economia.


“Me sinto preparado, diante da trajetória política que eu tenho, para ser prefeito da cidade Dourados, sem dúvida alguma”, pontuou, afirmando ainda que pretende aplicar todas as técnicas administrativas já usadas anteriormente em seus mandatos, inclusive como prefeito do município de Ivinhema.


Questionado sobre ter planejamento para uma possível vitória no pleito municipal, Câmara recuou ao dizer que sua candidatura ainda não é algo definida, já que muitas coisas precisam ser analisadas como, por exemplo, o apoio da família.


Segundo ele, é preciso entrar em consenso também com o partido, e ponderou, “é vontade do MDB de Mato Grosso do Sul e o nacional, ter candidatura própria a prefeitos nas cidades do Brasil?”, indagou ao acrescentar também que tudo depende de conversa e apoio de outros partidos.


Polêmica com a secretária de Saúde


O deputado também foi questionado quanto a polêmica entre ele e a secretária de Saúde de Dourados, Berenice Machado, em que ele questiona como os recursos destinados ao combate à Covid-19 enviados para a cidade estão sendo aplicados.


Câmara lembrou quando em abril, agentes de endemias precisaram entrar na quarentena por falta de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual), e afirmou que Berenice ao responder que ele deveria conhecer a realidade do município, sendo deputado estadual pelo mesmo, foi equivocada.


“Não basta apenas publicar orientações contra o Novo Coronavírus, é preciso agir, e a prefeitura não está agindo.

A prefeitura deveria ter começado a trabalhar, comprar máscaras antes da cidade chegar no patamar que chegou. Tenho a informação de que no Hospital da Vida ainda está faltando luvas para os profissionais”, disse.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Renato Câmara diz que se sente preparado para ser prefeito de Dourados