Da Redação

Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil, prenderam na tarde de hoje (4), Antônio Genivaldo Segóvia, de 49 anos, dono de uma conveniência, no Jardim Ouro Verde, em Dourados, acusado de tráfico de drogas.

 

Antônio disse que começou a traficar devido a dificuldades financeiras, motivada por uma cirurgia que precisou realizar.

 

Com ele, segundo o boletim de ocorrência, os agentes apreenderam R$ 2,8 mil, nove celulares, várias peças de semijoias, maquininha de cartão, cocaína, maconha e crack.

 

Aos policiais, o comerciante contou também que hoje era o último dia que ele venderia drogas. Ele foi autuado em flagrante por tráfico.

 

De acordo com o delegado do SIG, Erasmo Cubas, a polícia já estava monitorando a conveniência de Antônio, e a informação é que além de bebidas, ele vendia também ilícitos. No momento da abordagem, um rapaz foi detido saindo do local, depois de ter comprado entorpecentes.

 

*Informação por Ligados na Notícia

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Alegando necessidades financeiras após cirurgia, dono de conveniência é preso pelo SIG acusado de tráfico