A partir do recebimento da denúncia, STJ pode afastar Reinaldo a qualquer momento

Vice-governador de Mato Grosso do Sul e secretário de Estado de Infraestrutura, Murilo Zauith (DEM) afirmou nesta sexta-feira (16) que vai continuar trabalhando caso o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) seja afastado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), como pede denúncia do Ministério Público Federal.

O comentário foi feito durante implantação do projeto Cidade Digital, em Dourados, nesta sexta, ao lado da prefeita Délia Razuk. “Nós nunca fugimos desse assunto. Desde que realizamos a reeleição dele, o Reinaldo me convidou para servir ao Estado e caminhamos juntos. Estamos juntos com o governo. Esses processos são com pessoas físicas, o governo é um só e nós vamos continuar trabalhando”, afirmou Zauith.

Questionado sobre o que Dourados pode esperar dele, possível futuro governador, Murilo comentou. “Pode esperar, Dourados, que nós temos um projeto de governo e vamos continuar andando”.

Credito: Mídia Max 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para ‘Vamos continuar trabalhando’, diz Zauith sobre afastamento de Reinaldo com denúncia no STJ