Foto Leandro Silva/Assecom

A alta adesão dos idosos com mais de 80 anos à vacina contra a Covid-19 surpreendeu a Secretaria Municipal de Saúde de Dourados; As poucas doses acabaram rapidamente e quem não se imunizou deve esperar próxima remessa

 

Se até pouco tempo atrás tomar a vacina contra a Covid-19 ainda gerava dúvidas e insegurança, esse período parece ter ficado para trás. Prova disso é a alta adesão dos idosos de Dourados na procura pelo imunizante nos postos de saúde. Curiosamente, as pessoas com 99 anos ou mais procuraram as unidades na segunda-feira (1) e, como tem prioridade por conta da idade, usaram grande parte das doses. O mesmo movimento aconteceu na terça-feira (2) com as pessoas que têm entre 95 e 98 anos.

 

No início da semana, a Secretaria Municipal de Saúde elaborou e divulgou um cronograma para atender os idosos acima de 80 anos. Porém, a combinação de alta procura com o estoque reduzido fez esgotar rapidamente as doses nas Unidades de Saúde.

 

O secretário de Saúde, Frederico de Oliveira Weissinger, explicou que para o público alvo com mais de 80 anos, o município recebeu, até o momento, apenas 720 doses e que as pessoas nessa faixa etária em Dourados somam aproximadamente 3.600. Sendo assim, ele esclarece que as doses eram suficientes para atender 20% do grupo prioritário.

 

“Quando fizemos o cronograma no início da semana, não imaginávamos que a procura seria tão alta. Isso é bom e ruim ao mesmo tempo. É bom porque as pessoas com mais idade tiveram acesso às doses como preconiza o Plano Nacional de Imunização. E é ruim porque as pessoas que ainda aguardavam o cronograma até sexta-feira não poderão se vacinar agora”, ponderou o secretário.

 

Sobre a distribuição das vacinas nos postos, Frederico também explicou, que mesmo com poucas doses, a estratégia adotada foi a de “pulverizar” os frascos em 33 unidades de saúde, justamente para melhorar o acesso das pessoas em todas as regiões da cidade e também evitar possíveis aglomerações.

 

Dessa forma, o secretário orienta que as pessoas não procurem as unidades de saúde na quinta-feira (4) e sexta-feira (5) conforme estava previsto inicialmente no cronograma divulgado, pois já não há mais doses disponíveis. “Ainda não temos uma previsão oficial, mas temos a esperança de que uma nova remessa chegue no município no fim de semana”, disse Frederico.

 

Caso isso aconteça, o secretário de Saúde informou que vai organizar novamente o cronograma de vacinação e continuar imunizando os grupos que estão na lista de prioridade, em especial os idosos que não conseguiram se vacinar durante a semana, mas sempre respeitando a preferência pelos que têm mais idade e de acordo com o Plano Nacional de Imunização.

 

Está gostando? Participe do nosso GRUPO de Whatsapp e saiba das notícias em primeira mão!

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Vacinação de idosos tem alta procura e muda cronograma nos postos