Da redação

O vereador Sergio Nogueira (PSDB) reuniu profissionais equoterapeutas na manhã desta segunda-feira, 19, na Câmara Municipal de Dourados para discutir o veto parcial ao Projeto de Lei n° 087/2020, que institui o Dia da Equoterapia e dispõe sobre a prática da atividade no município.

De acordo com o vereador, a prefeita de Dourados, Délia Razuk (PTB), vetou parcialmente o projeto, com a justificativa de que, no documento, constam textos que regulam a prática da atividade em conformidade com a lei nacional. Porém Sergio Nogueira afirmou ser recorrente projetos municipais serem baseadas em leis federais ou estaduais.

"O veto acaba tirando o valor, tirando amplitude de uma lei, restringindo a apenas um dia de celebração", comentou o vereador.

A equoterapeuta e psicopedagoga, Denise Caramori, apontou que o projeto possui apenas benefícios para o município e para a atividade. "Ajuda na divulgação da equoterapia e no apoio aos profissionais da cidade, até mesmo do Estado, porque quando falamos de equoterapia, falamos de Brasil, de mundo. Estamos torcendo para que o veto não seja aprovado e para as pessoas prestarem atenção na importância disto tudo", comentou.

Ela ainda ressaltou que o veto parcial do projeto "seria triste" para a atividade, porque ela "só traz benefícios" à população.

O veto parcial ao Projeto de Lei nº 088/2020 será votado na sessão ordinária de hoje.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Sergio Nogueira discute veto de veto de projeto de Lei sobre equoterapia com profissionais