Com quase 30 mil cadastros, Prefeitura quer reduzir o déficit habitacional

O início da nova gestão da Agehab (Agência Municipal de Habitação e Interesse Social) está sendo marcado pela reformulação da equipe técnica, diagnósticos e aperfeiçoamento dos processos internos, revisão dos contratos com objetivo de redução de despesas e mapeamento das principais demandas do setor.

Projeto habitacional vai contemplar 190 famílias em Dourados 

A Agehab tem vários projetos em andamento, muitos deles com previsão de entrega ainda no primeiro semestre como, por exemplo, o projeto habitacional “Lotes Urbanizados” que beneficiará aproximadamente 190 núcleos familiares e a entrega das matrículas e escrituras de cerca de 200 casas no bairro Izidro Pedroso.

 

Segundo o diretor presidente da Agência, Diego Zanoni Fontes, um dos grandes desafios para a atual administração é modernizar a gestão, tornando mais transparente as seleções para reduzir o déficit habitacional.  “A Agehab é uma importante agente dentro de um setor muito sensível para a sociedade, a habitação, por isso faremos um choque de gestão com objetivo de tornarmos referência de eficiência e ética para toda a população douradense”.

 

Hoje são aproximadamente 30 mil famílias cadastradas, que aguardam um imóvel. Destas, parte preenche os critérios para receber a doação de uma residência – casos em que a renda não permite nenhum tipo de pagamento. Já a outra parte, recebe a assistência da Prefeitura como agente de fomento, com parcerias com a iniciativa privada, por exemplo, através de financiamentos subsidiados para que a parcela seja compatível com a renda.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Projeto habitacional vai contemplar 190 famílias em Dourados