*Luiz Guilherme

Em meio à crise na saúde pública provocada pela pandemia da Covid-19, médicos da Atenção Especializada, de Dourados, terão seus salários reduzidos, conforme determinação da secretária municipal de Saúde, Secretária Berenice Machado.

Como justificativa para a suspensão desses pagamentos relacionados à produtividade dos médicos, a secretária afirma “que as projeções econômicas e financeiras apontam para uma severa crise mundial e local, diante dos efeitos causados pelo Novo Coronavírus”.

Essa informação consta na comunicação interna CI 291/GAB/2020, enviada à diretoria do Departamento de Recursos Humanos no dia 15 de junho.

O documento informa ainda que esses profissionais “receberão apenas o salário normal, estando suspensos, temporariamente, os pagamentos das produções”.

Berenice também cita, ao suspender temporariamente esse ‘incentivo’, os decretos de emergência publicados pela prefeitura de Dourados diante da pandemia da Covid-19, e que caso seja necessário, haverá “a implementação de medidas que busquem o equilíbrio financeiro e orçamentário do município, resultando na necessidade premente de contingenciamento” da Secretaria.

Sem respostas

O Alô Dourados entrou em contato com a secretária Berenice, mas até o momento a mesma não respondeu. Fica o espaço para o posicionamento.

 

 
Veja também

Olá, deixe seu comentário para Médicos da Atenção Especializada têm salário reduzido