*Luiz Guilherme

Mais da metade dos douradenses ficaram em casa ontem (26), apesar de alguns terem participado da carreata em honra a São Cristóvão, santo protetor dos caminhoneiros e agricultores.

Segundo o relatório do Governo do Estado, 52,1% da população respeitaram o distanciamento social imposto pela pandemia da Covid-19, e que conforme as autoridades de saúde, é uma das medidas para evitar o contágio e proliferação da doença.

Dourados, no entanto, voltou a registrar ontem, após seis dias, mais um óbito em decorrência do Novo Coronavírus, totalizando assim, 52 vítimas fatais da doença.

No sábado (25), a taxa do distanciamento social na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul foi 44,7%.

Ainda segundo as autoridades de saúde, o ideal é que o isolamento social atinja aproximadamente 70%, o que levaria à diminuição de casos da Covid-19.

Isolamento no Estado

Quanto ao Estado, também quase 50% dos sul-mato-grossenses permaneceram em casa ontem. A taxa registrada de distanciamento social foi 49%, elevando Mato Grosso do Sul para a cor amarela, já que durante toda a semana ficou na cor laranja, indicando baixos índices. No sábado, essa taxa foi de 44%.

Ontem, MS atingiu a triste marca de 305 óbitos em decorrência da Covid-19, e o total de 21.514 contaminados, sendo que 15.254 pacientes já estão recuperados.

 
Veja também

Olá, deixe seu comentário para Mais da metade dos douradenses ficaram em casa no domingo