Da redação

 

As articulações para as Eleições municipais deste ano estão a todo vapor. Em Dourados, é grande a insatisfação da população e de profissionais de diversos setores com a atuação do Executivo e do Legislativo nos últimos quatro anos. Por isso, um grupo formado por 234 novos advogados avalia apresentar uma candidatura à Câmara Municipal.

Além disso, o grupo também está decidido a disputar a próxima eleição da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), visando a presidência seccional de Mato de Grosso do Sul e da 4ª Subseção de Dourados/Itaporã.
O nome de Paulo Rogério da Mota é o mais bem cotado para representar a categoria. Advogado formado na Unigran Dourados e especialista em Direito Eleitoral pela Universidade Cândido Mendes (RJ), ele foi assessor parlamentar e tem se destacado como defensor ferrenho dos idosos e um combatente em defesa das prerrogativas dos advogados. Nascido em Itaquiraí, em uma família de agricultores, vive em Dourados há 9 anos. Antes da advocacia, formou-se técnico em agropecuária pela EFAITAQ (Escola Família Agrícola de Itaquiraí) e tem atuado na defesa de pequenos produtores.


Segundo um dos articuladores do grupo, o consenso em torno do nome de Paulo Mota está se consolidando devido à sua atuação combativa, ao mesmo tempo em que busca promover o diálogo para a resolução de problemas.


“Tanto o Legislativo douradense quanto a OAB precisam de uma renovação de seus quadros, e nossa contribuição será apresentando um candidato muito bem preparado e atuante na defesa dos direitos da população”, avalia o articulador.


Por sua vez, Paulo Mota disse que no momento não está nem pensando em ser candidato, mas se for da vontade de Deus se sente preparado para enfrentar os desafios que os cargos impõem.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Jovens advogados avaliam candidatura à Câmara de Dourados e à presidência da OAB