Por Mireli Obando Portal do MS Imagem: Saul Schramm

A Covid-19 segue tirando vidas em Mato Grosso do Sul. Para se ter uma ideia, em quatro dias do mês de janeiro já foram 66 óbitos em decorrência da doença.


O Boletim Epidemiológico desta terça-feira (5) apresentou novo recorde para registro em 24 horas. Foram notificadas 33 mortes que ocorreram no período de 30 de dezembro de 2020 a 4 de janeiro de 2021.

A atualização eleva o número total de mortes ocorridas no Estado para 2.431.


Dos óbitos que aparecem no boletim de hoje, 15 são de Campo Grande, 3 de Corumbá, 3 de Dourados, e 2 de Amambai. Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Caarapó, Chapadão do Sul, Coxim, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, e Três Lagoas registraram uma morte cada. A média móvel indica que 23 pessoas perderam a vida para a doença por dia na última semana.


Nos primeiros dias de 2021, o Estado já confirmou 3.809 pessoas infectadas pela doença. Só de ontem para hoje a Secretaria de Estado de Saúde (SES) recebeu a confirmação de 1.320 novos casos.

Os municípios com maior número de positivações são: Campo Grande (+279), Dourados (+170), Ponta Porã (+107), Amambai (+68), Maracaju (+68) e Três Lagoas (+68). A média diária de testes positivos nos últimos 7 dias é de 960.


De 12.496 casos ativos da doença no Estado, 588 são pacientes internados em unidades hospitalares, 22 a mais que os indicadores apresentados ontem que apontava 566.

Do total de internações, 300 são em leitos clínicos e 288 em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI).

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Janeiro já acumula 66 óbitos por Covid em Mato Grosso do Sul