Estudo macro deve apontar uma solução para via, que está entre as primeiras em número de acidentes

A rua Monte Alegre é uma das mais movimentadas de Dourados e está entre as primeiras em número de acidentes. O vereador Elias Ishy, atento a esse fato, solicitou à administração um estudo para verificar a situação e propor alternativas. Para entender um pouco mais do assunto, ele esteve nesta quinta-feira (04), no Corpo de Bombeiros, dialogando com o comandante Humberto Matos.

 

“São muitos acidentes, muitas vítimas e sabemos que há uma reivindicação antiga da comunidade”, explica o vereador. O comandante relata que a situação é mesmo crítica, que é necessário identificar as vias de fluxo, pensando na análise técnica para o ordenamento do trânsito e toda engenharia do tráfego, assim como para a “Marcelino Pires, Joaquim T. Alves e Coronel Ponciano”.

 

Ishy lembra que para uma decisão quanto a via é preciso pensar a sua volta, pois há consequências. Matos afirma que deve mesmo verificar o impacto, por isso, deverá ser analisada toda a malha viária e apenas um estudo macro irá apontar a solução. “Precisa fazer esse raio-x porque hoje temos apenas uma visão pontual”, completa.

 

O parlamentar afirma que a ação deve ser integrada e envolver outros órgãos para além da prefeitura com a Agetran – Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Dourados-MS, com quem deve dialogar ainda nesta semana. “Realmente, necessitamos dessa integração para melhoria do trânsito e para dar mais segurança à vida aos douradenses”, finaliza.

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Elias Ishy ouve Corpo de Bombeiros sobre o caso da rua Monte Alegre