Alô Dourados

A prefeita Délia Razuk (PTB) ficou fora da disputa eleitoral de novembro, ou seja, ela não vai concorrer à reeleição. Faltando poucas horas para encerrar as convenções e indicar nomes ao Executivo Municipal, o partido acabou lançando o advogado Wilson Matos e o professor Alex, do PDT, para disputar o pleito como vice.

Quem também deixou para a última hora foi o PMN que decidiu lançar Jeferson Bezerra e Messias Souza. O PSL confirmou Mauro Thronicke e o bancário João Fabiano.

O primeiro partido a oficializar candidatura para ocupar a cadeira da atual gestora, foi o Progressistas, em 7 de setembro, quando confirmou o nome do vereador e presidente da Câmara Municipal, Alan Guedes. Essa semana o médico Carlos Augusto Moreira, o ‘Guto’, foi anunciado como vice.

O Republicanos também lançou seu candidato, aliás, chapa pura. O político escolhido foi o empresário e farmacêutico bioquímico, Racib Harb. Sua vice é a instrutora de trânsito, Dilvânia Todescato.

O DEM também oficializou a candidatura do deputado estadual Barbosinha no último dia 12 de setembro, tendo como aliado o PSDB, que indicou Valdenir Machado a vice.

Também com chapa pura, o PT oficializou a candidatura do professor universitário João Carlos para ocupar a cadeira da atual gestora municipal, tendo como vice, Lourdes Castro, trabalhadora na área de agroecologia e quilombola.

O registro das candidaturas junto à Justiça Eleitoral vai até 26 de setembro, enquanto isso, os indicados podem desistir da disputa, tanto para a prefeitura, quanto para a Câmara.

 
Veja também

Olá, deixe seu comentário para Délia fica fora e PTB indica advogado indígena Wilson Matos à prefeitura