*Luiz Guilherme para o Alô Dourados

A prefeitura de Dourados alterou o decreto de 11 de julho de 2020, publicado em edição extra do Diário Oficial do Município de ontem (12), com “medidas restritivas às atividades em decorrência da situação epidêmica da Covid-19”, como mudança no horário do comércio e fechamento das igrejas.

O problema é que alteração foi feita sem aviso de correção no Diário Oficial.

A mudança é no §3º do artigo 2º, que mantém suspenso o funcionamento das igrejas, templos religiosos ou espaços destinados à celebração de cultos religiosos. Originalmente, o documento entrou estabelecia que “as igrejas podem realizar atividades religiosas por drive-thru”, ou seja, os fiéis vão até as igrejas para receber a hóstia, bênçãos entre outros, porém sem sair dos carros.  

Já em nova publicação nesta segunda-feira (13), o mesmo trecho do decreto cita que “as igrejas poderão realizar atividades religiosas por drive-thru e drive-in”, que neste caso, permite o estacionamento dos veículos em áreas pertencentes às instituições religiosas para que as pessoas possam assistir às celebrações.

 
Veja também

Olá, deixe seu comentário para Decreto é alterado e autoriza igrejas a funcionarem no drive-thru e in