Da redação

Os presidentes Jair Bolsonaro e Vladimir Putin acertaram a libertação do motorista Robson, preso na Rússia há um ano e oito meses por entrar no país com remédios ilegais para o pai da esposa do jogador Fernando.

Segundo o site da Isto É, o presidente brasileiro enviou uma carta no último mês pedindo a soltura do motorista e Putin sinalizou com uma saída. As informações foram divulgadas pela revista “ÉPOCA”.

Na carta enviada ao presidente russo, Bolsonaro argumentou que Robson entrou nessa situação por total desconhecimento da regra local. O documento foi levado pessoalmente a Moscou pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Nelsinho Trad, e pela secretária de Negociações Bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia do Ministério das Relações Exteriores, Márcia Donner Abreu.

Robson Nascimento de Oliveira, 48 anos, está preso há um ano e oito meses na Unidade Penal de Kashira, na Rússia. Ele era motorista do volante Fernando, que jogava no Spartak Moscou (RUS) na época, e entrou no país com remédios ilegais para o sogro do jogador. Robson não tinha conhecimento da ilegalidade dos medicamentos.

 

Creditos: TopMidiaNews 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Bolsonaro e Putin acertam soltura de Robson, preso na Rússia há quase dois anos