Os sintomas são semelhantes e o teste covid é único modo de identificar doença

A circulação de casos relacionados ao vírus Influenza A, do subtipo H3N2, tem gerado dúvidas e confundindo a população. Afinal, é H3N2 ou covid? O secretário adjunto de Saúde, Edvan Marcelo Marques, explica que por se tratar de síndromes gripais os sintomas são semelhantes, mas é possível diferenciá-las. 

Os principais sintomas de covid, são: febre, tosse seca, fadiga, perda de paladar, perda do olfato e dificuldade respiratória. Já a Influenza, H3N2, os sintomas são: febre alta com início agudo, tosse, cefaleia, obstrução nasal, inflamação na garganta e dores musculares. 

“São sintomas semelhantes, mas cada síndrome respiratória possui características diferentes. Os sintomas são semelhantes, mas a Influenza se trata de uma doença sazonal, em que os sintomas são conhecidos pelos médicos, e o diagnóstico é clínico-epidemiológico. Já o teste é o único modo de identificar a covid”, destacou. 

Ambas as doenças são transmitidas por via respiratória e os cuidados preventivos são muito semelhantes. Entre as principais orientações, estão: evitar aglomeração, utilizar corretamente a máscara, cobrir nariz e boca, manter os ambientes ventilados e o isolamento das pessoas que estão com algum sintoma respiratório. 

A vacinação é outro ponto fundamental e há imunizante para a covid e influenza, que pode ajuda a reduzir os sintomas da H3N2. 
Aumento em síndromes gripais confundem população: É covid ou H3N2?

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Aumento em síndromes gripais confundem população: É covid ou H3N2?